A Missão Profética Abrange Os Gênios


A missão profética de nosso Profeta (sallallahu 'alaihi wa sallam) abrange não apenas os humanos, mas também os gênios. Assim como há crentes e não crentes entre os humanos, há crentes e não crentes entre os gênios. Enquanto o Mensageiro de Allah (ﷺ) ainda estava em Meca, os gênios vieram até ele e ouviram o Alcorão:


“29. Nós dirigimos um grupo de gênios para você a fim de que eles possam escutar o Alcorão (enquanto você estava recitando dela). Quando eles estavam presentes para ele, que disse (um para o outro):

“Fique em silêncio e ouça!” Quando a recitação terminou, eles retornaram para sua comunidade como admoestadores.

30. Eles disseram: “Ó nosso povo! Ouvimos um Livro que foi enviado depois de Moisés, confirmando (a origem divina e as verdades que ainda estão contidas por) Revelações antes dele: que orienta para a verdade e para um caminho reto (em todos os assuntos).

31. “Ó nosso povo! Respondem (positivamente) a quem os chama a Deus, e acredite nele. Deus vos perdoará os pecados (que vocês cometeram até agora), e salvá-lo de um doloroso castigo.” [1]


E em Surata Os Gênios:


“1. Dize (ó Mensageiro): “Foi-me revelado que um grupo de gênios deu ouvido (para minha recitação do Alcorão),1 então (quando eles voltaram para seus povos) disseram: ‘Nós de fato ouvimos um Alcorão maravilhoso,

2. “Que guia ao que é certo em acreditar e agir, e assim nós acreditamos nele, e nunca associamos qualquer parceiro ao nosso Senhor.

3. “E Ele - exaltada seja a majestade do nosso Senhor – jamais teve esposa ou filho,

4. Considerando que, os tolos entre nós expressaram uma enormidade contra Deus.

5. “E (estávamos enganados quando) pensamos que a humanidade e os gênios nunca falarão uma mentira contra Deus.

6. “(Mas nós viemos ver que) há realmente homens dentre a humanidade que se refugiaram em alguns homens dentre os gênios, e assim (os primeiros) aumentaram (os últimos) em rebelião, vaidade e desatinos.

7. “E eles (os homens) têm pensado, como pensastes, que Deus nunca iria fazer surgir qualquer um (como Mensageiro, entre eles).

8. “Mas agora, quando procuramos alcançar o céu, o achamos cheio de veementes guardiões e bólides (estrelas cadentes).

9. “Nós ficávamos sentados para ouvir (seus habitantes), mas agora quem tenta escutar encontra uma chama ardente esperando por ele.

10. “Nós (sendo impedidos por acaso) não sabíamos se o mal é destinado para aqueles que vivem na terra, ou se o seu Senhor tenciona orientá-los para a boa conduta.

11. “Há entre nós os que são justos (em conduta e aptos a acreditar), e há aqueles que são de outra maneira. Temos seguido seitas com caminhos divergentes.

12. “Nós viemos a saber que não podemos de maneira nenhuma frustrar Deus (em Sua vontade sobre a terra), nem podemos frustrá-lo pela fuga.

13. “E quando ouvimos a orientação (encarnada no Alcorão), nós (imediatamente) acreditamos nela. Quem crê em seu Senhor não há de temer perda (de ser prejudicado em troca de sua fé e as boas obras exigidas pela fé) ou desgraça.

14. “E entre nós há alguns totalmente submetidos a Deus, assim como há entre nós alguns que se desviaram em desobediência a Deus. Quem se submete totalmente a Deus, esses buscam e alcançam a orientação correta (na crença e na ação).” [2]


Diferentes opiniões foram apresentadas quanto ao fato de que os gênios ouviram o Mensageiro de Allah uma ou duas vezes. O fato de que a isto ocorreu. Allah Subhanahu wa Teala, havia ordenado ao seu profeta para recitar o Alcorão para gênios para avisar eles (sobre nova religião). Então, o Mensageiro de Allah disse: "Recebi a ordem de recitar o Alcorão para os gênios, quem virá comigo?" disse. Em seguida, Abdullah b. Mas'ud estava foi atras do Mensageiro de Allah. De acordo com sua narração: Quando chegamos à estrada da montanha em Hajun, ele riscou uma linha no chão para mim e disse para mim “Não ultrapassa ela até eu chegar” Depois ele começou a ler o Alcorão. Eu ouvi um barulho alto. Eu estava até com medo de que algo acontecesse com Mensageiro de Allah. Uma escuridão o cobriu e virou um obstáculo entre mim e ele, eu não conseguia nem ouvir sua voz. Depois eles se dissiparam como uma nuvem. Depois o Profeta ﷺ me perguntou: “Você viu alguma coisa?” Ele disse: “Estes eram os gênios de Nusaybin.” [3]


Isso significa que o Mensageiro de Allah ﷺ estava transmitindo sua mensagem não apenas aos humanos, mas também aos gênios. Em outras palavras, podemos expressar que ele também era “O Profeta dos Gênios.”



1 Surata Al-Ahqaf (As Dunas Moldadas Pelo Vento)

2 Surata Al-Jinn (Os Gênios)

3 Râzî, Tafsîr, 30/134-135; Elmalılı, Hak Dîni Kur’ân Dili, 7/118.

2 visualizações